Resumo: Na esteira do trabalho já desenvolvido pela equipa da plataforma Romanceiro.pt, que acolhe projetos diversos dedicados à edição e ao estudo do romanceiro de tradição oral, deu-se recentemente início à compilação, organização e apresentação de uma proposta de infraestrutura digital que visa acolher e difundir os materiais concernentes ao romanceiro de matriz ibérica no Brasil. Estas tarefas, que procuram, no fundo, promover a patrimonialização deste bem cultural imaterial que, no Brasil, surge com alguma frequência confundido com a literatura de cordel, marcam os primeiros passos na constituição do “Arquivo do Romanceiro do Brasil”. Para isto, servimo-nos de ferramentas, metodologias e estândares transdisciplinares das Humanidades Digitais. Por sua vez, a ação descrita persegue um objetivo investigacional mais abrangente e exigente, que é o da edificação do “Arquivo do Romanceiro em Língua Portuguesa”.
Apresentamos, aqui, não só o enquadramento de partida deste projeto como também algumas das conclusões parciais já alcançadas, ao mesmo tempo que descrevemos sucintamente as atividades levadas a cabo.

Following up the work already carried out by the team of the Romanceiro.pt platform, which hosts several projects devoted to the edition and study of the oral tradition folk balladry, we have recently kicked off the compilation, organization and presentation of a proposal for a digital infrastructure. Our aim is to host and disseminate the materials concerning the Iberian folk balladry tradition in Brazil. What these tasks seek to promote is a deep heritage action for this intangible cultural asset which in Brazil is often confused with the cordel literature. The research is now taking its first steps towards the construction of the “Archive of the Brazilian folk balladry”. In order to accomplish it, we use tools, methodologies and transdisciplinary standards stemming from the field of Digital Humanities. Moreover, this action pursues a larger and demanding research goal, which is to build up the “Archive of the Portuguese expression folk balladry”. This work presents not only the starting framework for this project, but also some of the conclusions already reached, briefly describing the activities developed so far.

Referência completa: Boto, Sandra e Belmonte, Bruno de Carvalho (2020), “O Romanceiro Ibérico no Brasil: um Património da Língua Portuguesa em Ambiente Digital”, Journal of Digital Media & Interaction 3 7 (2020), 161-177. ISSN: 2184-3120. URL: https://proa.ua.pt/index.php/jdmi/article/view/15334/14277.

Desenvolvido por:

Instituto de Estudos de Literatura e Tradição Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Fundação para a Ciência e a Tecnologia

O IELT é financiado por Fundos Nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia no âmbito do projeto UIDB/00657/2020

Em parceria com:

Centro de Investigação em Artes e Comunicação Fundação para a Ciência e a Tecnologia Fundación Ramón Menéndez Pidal

Apoios

Fundação Calouste Gulbenkian Fundação Manuel Viegas Guerreiro European Association for Digital Humanities Time Machine Humanidades Digitales Hispánicas

ROMANCEIRO.PT

Colégio Almada Negreiros (Gab. 344) Campus de Campolide, Universidade Nova de Lisboa, 1099-085, Lisboa

Morada postal: Av. de Berna, 26 C, Universidade Nova de Lisboa, 1069-061, Lisboa

Email: contacto@romanceiro.pt

Telefone: +351918 832 055